Google+ Followers

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Trajetória

Bom Dia a Todos ....

Hoje, estou aqui para falar um pouco mas sobre o meu quadro da doença.
E aproveitando dou inicio um pouco antes de 2011 quando eu tive o primeiro surto da doença ELA, em junho de 2009.
Fiquei afastada do trabalho por um mês, sem trabalhar e sem ir a Faculdade, fui ao médico, e após examinar me pediu vários exames e após 1 semana e meia sem diagnóstico e sem melhora alguma, ele me encaminhou para um, Ortopedista pois ele já havia feito todos os exames possíveis e nada.
Ao passar pelo ortopedista, e realizar mais alguns exames,  ele me disse que não tinha dado nada no resultado do exame, e me disse vou encaminha lá para um reumatologista, com urgência. 
Foi ai que apos realizar mas exames o reumatologista disse, que Eu tinha Fibromialgia, me receitou um antiflamatorio e me explicou como era a doença e que a partir daquele momento eu teria que passar a conviver com ela.
Assim Voltei as minhas atividades Normais com um pouco de dificuldade, mas consegui retornar.
 Mas o que me deixava mais insegura era que, tenho uma amiga com  fibromialgia e os meus sintomas não era os mesmos, e como tive uma melhora, e como sabemos que cada organismo reage de uma forma eu me tranquilisei e retomei a minha vida normalmente.
Após 1 ano e meio, no dia 24 de novembro de 2011 uma quarta-feira, eu passei mau ao acordar pela manha para ir trabalhar percebi que meus calcanhares estavam doendo, mas como sabia que era Fibromialgia, não levei muito em conta, fui trabalhar, mas lá percebi que estava quase impossível de se trabalhar, não disse nada e ao chegar a hora do almoço fui para casa, mas não retornei após o almoço, pois não aguentei passei a tarde deitada e na quinta e sexta também não fui trabalhar, mas no sábado tive que ir pois já era 2 dias e meio sem atestado, pois não havia ido ao medico, mas não adiantou ter ido pois não realizei nem uma atividade no trabalho.
Mais o fato foi que no domingo meu quadro piorou, o que era só um desconforto com muita dor, passou para uma paralisia na perna esquerda.
Foi ai que na Segunda-feira, resolvemos marcar uma consulta com um reumatologista de Maringá, muito bom e qualificado, conseguimos a consulta, foi ai que após alguns exames ele me deu o diagnóstico de Artrite Reumatóide e Vasculite, iniciei o tratamento mas meu quadro não tinha melhora alguma. Durante 8 meses dando sequência ao tratamento com medicamentos e fisioterapia, eu não tinha nem uma melhora e a cada dia meu quadro ia tendo pioras, assim após uma indicação de um medico na cidade de Curitiba, resolvemos eu minha mãe e meu pai ir ate lá tirar uma segunda opinião.
Ao olhar os exames ele disse que eu não tinha nem Artrite nem vasculite e ao me examinar, ele disse a minha mãe que era pra correr contra o tempo e procurar um bom neurologista clinico e de confiança, pois eu estava perdendo a força e o movimento.
Mas Volto aqui para dizer a Vocês como foi...

Beijokas

   Jeehnanda;*



Nenhum comentário:

Postar um comentário